CRÍTICA: O DOADOR DE MEMÓRIAS (UM FILME PARA APRECIAR A VIDA)

fevereiro 12, 2015


Olá! Mais um post da série vi o filme primeiro pra depois querer ler o livro. Juro que queria muito me importar com a ordem dessas coisas, mas para mim, não faz diferença, livro é livro e filme é filme! Me julguem por isso.

Eu assisti ao O Doador de Memórias, filme baseado no livre de mesmo nome do autor Lois Lowry, e gostei muito do filme. Sinto que passamos por uma fase de overdose de distopias, e sinceramente, to amando isso. O filme vem na mesma pegada de Divergente e Jogos Vorazes, onde uma guerra teria arruinado a raça humana e para isso foram criadas "soluções" para "consertar" os nossos problemas. Sintam o poder das aspas.

Só que no caso desse filme, a solução foi tirar todas as memórias das pessoas. Mas não falo de memórias do tipo, o que aconteceu na minha infância, falo das memórias afetivas, os sentimentos foram tirados das pessoas. Coisa que se reflete na principal frase do filme "Seja mais preciso". Quem ler ou assistir vai entender, não vou dar spoiler, pelo menos não agora.

Então, para que todo conhecimento não se perca, os governantes incumbiram um ser humano de guardar todas as memórias do mundo, e a cada x anos, é escolhido um novo Recebedor de Memórias. No ano em que se passa o filme, o escolhido é Jonas, um jovem curioso (e gatinho) e que acaba se mostrando um pouco rebelde.

O filme conta com atores fantásticos, como a Meryl Streep (suprema chefona) e Jeff Bridges (o doador de memórias), que claro, fazem tudo muito bem, e os novatos  Brenton Thwaites (Jonas), Cameron Monaghan (Asher) e Odeya Rush (Fiona), que eu amei mesmo! Já conhecia eles de outros filme, e amei eles nesse. Esse filme ainda tem a Kate Holmes (ex-Dawson's creek), o Alexander Skarsgård (True Blood, ma friends) e a dignissima Taylor Swift (é só uma ponta, não vai doer).

Eu ainda não li o livro, mas to bem ansiosa agora que vi o filme! Vai entrar na minha lista de leituras desse ano, que você pode acompanhar pela minha wishlist do Skoob aqui do lado

SPOILER!!! NÃO LEIA CASO NÃO QUEIRA SABER!

Antes de terminar, não posso deixar de contar a minha parte preferida do filme, porque, eu TENHO QUE contar. Gente, é lindo ver o Jonas descobrindo as cores. Juro, foi uma cena linda sabe, eu fico me perguntando, como será viver em um mundo sem cores, onde tudo é em tons de cinza? E não só isso, e de repente, você descobrir que existem as outras cores? Como será essa sensação? Vou passar um bom tempo pensando nisso...


You Might Also Like

0 comentários

CURTE A PÁGINA!