RESENHA: STRANGE ANGELS - LILI ST. CROW

by - fevereiro 05, 2015

 
Onde comprar: 1 / 2 / 3 / 4

Olá! E chegou quinta de novo! Gente, como demorei para ler esse livro! Foram duas semanas, eu acho. Esse vai ser o último livro que eu vou ler até Março, porque este mês vai ler beeeeeeeeeeeeem longo. (se você não sabe do que eu estou falando, clique aqui)

Mas, vamos lá! Strange Angels é um livro, da Ed. Novo Século, bem introdutório. A série tem 5 livros, ele conta a história da Dru Anderson, uma menina de 16 anos que vive se mudando com o pai dentro dos Estados Unidos. O pai dela é um caçador de coisas sobrenaturais, e no livro eles dividem como Mundo Real (mundo sobrenatural, tipo, como o mundo realmente é), e o Mundo Normal (mundo como nós conhecemos).

Então, em uma dessas mudanças, algo terrível acontece. O pai da Dru, em uma das suas saídas noturnas para caçar alguma coisa (JURO QUE NÃO É SPOILER), é transformado em um zumbi que volta atrás dela, na casa onde eles estavam instalados, e ela acaba matando ele. Nisso ela se vê obrigada a fugir e acaba fazendo um amigo-meio-forçado, Graves, que no andar da carruagem acaba sendo mordido por um lobisomem. Durante o livro eles sofrem muitos ataques, e fica aquele mistério, porque estavam atacando? O que a Dru tem de tão especial? Se o pai dela estava morto, o que poderiam querer com ela?

Ok. Não vou dizer que foi o melhor livro que eu li, mas, foi bem legal! A história em geral é bem divertida, mas as vezes é meio confusa, em alguns pontos do livro eu realmente me perdi. Como eu não gosto deste tipo de livros, eu comecei sem nenhuma expectativa, e ele foi bem chato no começo, mas... MEU DEUS! A história se desenvolve e vira uma aventura bem emocionante, altas crises de ansiedade! Mas fora isso, tem muitos buracos na história que eu acredito que serão resolvidos no decorrer dos outros livros.

O livro acontece todo em primeira pessoa, então o tempo todo estamos a par dos pensamentos da Dru, o que causa um pouco da confusão, porque as vezes não sabia se ela estava pensando ou narrando alguma coisa. Mas eu gostei dela, mesmo ela sendo meio bobinha as vezes, e muito irritante perante o perigo, ela é bem esperta sabe... O Graves, aka melhor amigo, aka meio lobisomem, aka possível amor, é aquele tipo de cara companheiro, que faria tudo por você, um fofo!

Ah, a coisa mais interessante do livro, é que, TUDO, absolutamente TUDO é relacionado a algum cheiro. Tipo, todo mundo tem super sentidos que captam cheiros. Então, medo tem cheiro de laranja, perigo tem cheiro de ferrugem, o Cristophe (leia para saber que é) tem cheiro de torta de maçã, e por assim vai...

Alguém ai já leu esse livro? Vocês também ficaram meio confusos? Deixe um comentário! ;)
Me sigam por aí! Instagram / Twitter / Facebook / Snapchat: anaclaudiaplima / Goodreads / Skoob

You May Also Like

0 comentários