AS MINAS DO RIO 2016: BRUNA ALEXANDRE

by - janeiro 09, 2016


Nome: Bruna Alexandre
Modalidade: Tênis de Mesa (Paralímpiada)
Medalhas Anteriores: Oito vezes campeã de etapas do Campeonato Mundial de Tênis de Mesa Paraolímpico, Terceira colocada nos Campeonatos Sul-Americano e Latino-Americano de Tênis de Mesa Olímpico.

Tênis de Mesa Paraolímpico

Os  praticantes  do  tênis  de  mesa paraolímpico são  divididos  de  duas  formas:  andantes  (jogam  em  pé) e cadeirantes (em cadeira de rodas). Atletas com paralisia cerebral, amputados ou deficientes físicomotores e mentais disputam os torneios do esporte. Os jogos podem ser individuais, em duplas ou por equipe. A entidade  responsável  pelo  gerenciamento  da  modalidade  é  o  Comitê  de  Tênis  de  Mesa  Paraolímpico Internacional  (IPTTC).  Mais  de  80  nações  praticam  o  esporte.  As  regras estabelecidas  pela  Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) são aplicadas às competições paraolímpicas do esporte, com sutis adaptações feitas pelo IPTTC para os atletas em cadeira de rodas. A entidade responsável em nosso país é a Confederação Brasileira de Tênis de Mesa Adaptado (CBTMA), fundada em 2000, tendo oito federações regionais: Paraná, São Paulo, Goiás, Rio Grande do Norte, Distrito Federal, Rondônia, Rio Grande do Sul, Ceará, filiadas a ela.

Curiosidades da Bruna
  • Além do tênis de mesa, anda de bicicleta e skate nas horas vagas
  • Possui uma coleção de medalhas, já ganhou quase 200 na carreira
  • Antes de uma competição, anota informações sobre os adversários no celular para consultar pouco antes dos jogos
Momento importante na carreira: "Ter tido a oportunidade de participar dos Jogos Paraolímpicos de Londres com 17 anos. Era muito nova e foi muito importante jogar contra atletas mais velhas."


Fonte: Rio 2016
Me sigam por aí! Instagram / Twitter / Facebook / Snapchat: anaclaudiaplima / Goodreads / Skoob

You May Also Like

4 comentários

  1. oi, oi.

    ain, que legal conhecer um pouco sobre a história da Bruna. não a conhecia, mas só por esua garra e força de vontade, acho que podemos dizer sim que ela é uma grande mulher.

    admiro muito o pessoal do esporte brasileiro. bjs!

    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Ela é uma grande mulher, uma grande atleta, e merece nosso carinho e atenção!
      :)

      Excluir
  2. Essa mina é encarnada. Eu ia adorar jogar um ping pong com ela!
    Girl power total, legal tua proposta. Que venham medalhas, pelo menos nisso o Brasil ainda acredita.

    Um beijo, Ana!

    Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei ela muito girl power, a prova de que podemos qualquer coisa!
      E vamos torcer muito por muitos ouros!
      :)

      Excluir