CRÍTICA: NAOMI & ELY E A LISTA DO NÃO BEIJO - FILME

by - março 24, 2016

No fim de Dezembro, eu já estava de saco cheio de 2015 e queria um filme para aliviar a cabeça. Um que eu não tivesse que pensar muito, e ai, o Netflix com suas dicas, trouxe Naomi e Ely e a Lista do Não Beijo. E eu curti muito.

Naomi e Ely e a Lista do Não Beijo é um filme adolescente, baseado no livro do David Levithan com a Rachel Cohn, que conta a história da Naomi e do Ely que são vizinhos e melhores amigos desde sempre. Eles acabaram de se formar no ensino médio e estão começando suas vidas adultas, onde o Ely foi para a faculdade e a Naomi ainda está tentando se encontrar. Como ela é hétero e ele é homossexual, ambos criam uma lista do não beijo, ou seja, uma lista na qual eles põe todos aqueles que eles não podem beijar para preservar a amizade dos dois, mas, em certo momento, as coisas ficam um pouco confusas ai.

Para que você entenda mais sobre o filme, preciso falar um pouquinho das personagens ok?

A Naomi é uma garota envolvente. Ela sabe chamar a atenção dos rapazes e faz isso como uma maneira de se afirmar. É tipo se ela tentasse compensar a atenção que a mãe e o pai não a deram quando era menor. Ela também tem uma mania péssima de mentir. Sim, ela mente sempre e usa isso para conseguir o que quer. Mas ao mesmo tempo, ela é tem um coração enorme e quando quer, consegue ser a pessoa mais legal do mundo.

O Ely, ele é puro coração e tenta proteger a Naomi de tudo e de todos. Mas nesse momento ele se vê encurralado entre a vida que ele levava com a vida que ele quer levar. Quando ele vai para faculdade, meio que o mundo dele se abre para coisas novas, amigos novos, toda uma perspectiva de vida diferente, na qual talvez sua melhor amiga não esteja inclusa.

Naomi e Ely e a Lista do Não Beijo fala sobre encerrar ciclos. É um filme que fala sobre deixar coisas para trás para alcançar outras no futuro. Ele mostra o processo de amadurecimento da personagem e de como isso pode ser difícil e doloroso. E o mais legal é que podemos ver isso de dois aspectos diferentes, em duas vidas diferentes, e como isso afeta o mundo a nossa volta.

Eu não posso compará-lo ao livro, uma vez que eu não o li. Mas achei o roteiro muito bom, eles souberam trazer a tela questões importantes para o público alvo, e os atores foram muito bons. A Victoria Justice fez um ótimo trabalho, principalmente porque é uma personagem diferente das que ela está acostumada a fazer. A fotografia é ótima, e ela que deu o tom certo para que o filme fosse tocante e engraçado.
Fiquei muita vontade de ler o livro, porque como sempre, os filmes não conseguem captar todas as nuances do livro, e eu realmente acredito que o autor lidou muito bem com essa transição do fim da adolescência e começo da vida adulta, e eu, como ainda estou meio nessa transição, me identifico muito com esse tipo de história.

Espero que você tenha gostado! Deixa o seu comentário aqui em baixo me falando se você já assistiu o filme e o que você achou! :)


Me sigam por aí! Instagram / Twitter / Facebook / Snapchat: anaclaudiaplima / Goodreads / Skoob

You May Also Like

6 comentários

  1. Eu não conhecia a história, mas pensando como deve ser essa lista haha
    Os personagens são interessantes hauhauhauhauhauhuahuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahauahauhauahuhaua!
      As personagens são bem piradas!
      :)

      Excluir
  2. Eu tenho o livro (a capa dele é linda) mas ainda não li, acredita? E já vi o filme anunciando no Netflix, mas também não queria assistir antes de ler...
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não li o livro, mas fiquei com vontade. Acho que deve ser uma coisa bem leve! Porque o filme, pelo menos, é bem leve...
      :)

      Excluir
  3. Eu vi o filme! É bem levinho,para se assistir quando a gente não quer ficar ali pensando muito no que temos que assistir né ? Como você mesma disse, e é bem engraçado. Eu lembro que assisti o filme porque li em algum uma resenha em um blog. Achei legal, mas não sei se assistiria de novo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto desses filmes levinhos, mas é bem isso, não é tipo filme pra assistir umas 500 vezes. Uma vez só já ta bom!
      :)

      Excluir