COMO COMPRAR SEM SOFRER, OU FAZENDO O BOLSO SOFRER MENOS

by - maio 24, 2016

Oi gente, quero compartilhar um segredo com vocês: eu adoro comprar. Eu sei, já disse aqui quinhentas vezes que eu sou mão de vaca, que eu não sou consumista e tals, mas confesso que sinto um pequeno prazer em adquirir coisas novas. Não é uma coisa que rege a minha vida, afinal, tudo tem que ter limite, mas eu aprendi alguns truques que me ajudam a tomar as melhores decisões, e como a gente já falou muito sobre planejamento por aqui, vamos colocar as coisas na prática. 

 Então, proponho um cenário: é sexta a tarde, você saiu mais cedo do trabalho (ou está indo para a faculdade/escola), seu dia tá sendo meio ruim e você resolve passar no shopping para gastar distrair. Você chega lá, olha as lojas e resolve entrar naquela loja de departamento que você ama. 

Cenário complicado esse né? A gente entra nas lojas e muitas vezes vai só enchendo a sacola, enchendo a sacola e só vai prestar atenção no volume quando entra no provador, ou pior, quando chega no caixa. E aí vai a primeira dica: compre só o que amar. Eu sei que isso parece bem clichezão, mas é real, a gente compra muita coisa que a gente achou bonitinho, e às vezes nem vale o preço, então a ideia é que você compre só aquilo que você não viveria sem. E eu sei que é bem difícil pensar nisso na hora, mas eu juro que é super possível! O negócio é ter foco, e uma coisa que mega ajuda é ir calculando mentalmente o valor final da compra. Juro que isso vai fazer você repensar duas vezes no quanto você está comprando. 

Outra dica muito importante é conhecer as opções de pagamento que a própria empresa te oferece. O meu cenário era uma loja de roupa, mas a gente não compra só isso em loja, você pode e com certeza vai, comprar diversas em lojas, então conhecer as formas de pagamento que elas te oferecem é muito importante, e pode trazer muitas vantagens para você. Um exemplo bem claro disso são as lojas que te oferecem desconto se você adiantar as parcelas, às vezes vale bem a pena, tudo é questão de conhecer as opções. 

É importante lembrar sempre que ninguém gosta de dívidas. Dívida é um negócio que pode ser ok ou pode dar absurdamente errado, então o melhor é sempre manter distância. A gente já falou aqui sobre cartão de crédito, parcelamento, planejamento financeiro, então não tem desculpa pra você comprar demais e se afogar nas dívidas. Se o que você vai comprar é caro e não cabe no seu orçamento, não compre, você não vai morrer por causa disso. E acredita em mim, sempre vai ter uma opção melhor para você e para o seu bolso.

Então vamos lá! Quero ver você colocando essas dicas em prática! Elas vão deixar sua vida mais minimalista (tá na moda, é chique, ser minimalista é o que tá tendo galera) e vai te economizar muito dinheiro.

Agora me conta aqui em baixo, como você faz pra se controlar nas compras? Lembrando que, se você tiver qualquer dúvida ou sugestão de tema, deixa um comentário aqui ou manda um e-mail para contato.omundodaana@gmail.com, eu vou adorar conversar com você!  

Me sigam por aí! Instagram / Twitter / Facebook / Snapchat: anaclaudiaplima / Goodreads / Skoob

You May Also Like

3 comentários

  1. Eu sempre penso o seguinte: isso combina com as coisas que eu tenho no meu armário? Com o dinheiro que eu tenho na carteira no momento (ou no banco no caso do cartão), consigo comprar isso? Se eu comprar tal coisa, isso ficara atirado por aí ou realmente em uso? Essas perguntas eu sempre me faço e tem ajudado muito... olha que eu nem sou dessas que ADORA ter coisas novas! Post muito interessante!! Abração!

    P.S: Desde a época que parei de comprar coisas parceladas, nunca mais tive dívidas ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito ótimas suas dicas Bruna!
      Acho que tudo se resume muito a aprender a ter critérios para comprar.
      E eu sei, comprar parcelado é muito propício a causar dívidas, mas aqui no blog já dei algumas dicas de como usar essa ferramenta a seu favor!
      :)

      Excluir