CRÍTICA: INDEPENDENCE DAY - O RESSURGIMENTO

by - junho 30, 2016


Preciso começar te contando que: eu estou terminando de ver o primeiro filme enquanto escrevo essa crítica. E isso vai ser extremamente importante para você que ainda pretende ver o filme no cinema. Assista o primeiro antes, vai fazer sua experiência muito mais proveitosa.
Independence Day: O Ressurgimento vai narrar uma nova história de invasão alienígena 20 anos após os eventos do primeiro filme. Ou seja, no dia 4 de Julho (Dia da Independência Americana, por isso o nome) alienígenas novamente invadem o nosso planeta. Porém, muita coisa mudou. Durante esse tempo, os humanos aprenderam a usar a tecnologia alienígena, passaram a explorar o universo de maneira diferente e nós vamos ter a introdução de uma nova espécie alienígena. E é isso que você tem que saber em termos de história.

Agora, o que nós precisamos conversar é que, não vá assisti-lo achando que vai ser um filme com  personagens profundos e super desenvolvidos, porque ele não é. O que acontece aqui é que podemos observar bem que eles realmente fizeram uma continuação, então, a não ser o Jake, que é um personagem totalmente novo na trama, e meio que o protagonista da coisa, ninguém vai ficar chovendo no molhado explicando coisas sobre as personagens que você já tem no primeiro filme. E quem são eles? As personagens são basicamente as mesmas: o ex-presidente, o filho do Will Smith, a filha do ex-presidente e o cara que consertava as antenas da HBO e o pai dele. Ah, sem contar o cientista doidão que era responsável pela área 51. Então, assista o primeiro em casa, e depois vá ver o segundo.

Calma, que não temos só o Jake de personagem novo! Claro que ainda temos algumas outras figuras que ganham destaque durante a trama, mas como eu disse, nenhuma delas é super desenvolvida e tals, por isso não vou me estender muito nessa coisa das personagens.

Outro ponto que precisamos conversar é que esse é um filme de passagem, ou seja, ele funcionou como uma ponte para um futuro filme. E se você já assistiu, vai concordar comigo, os produtores, diretores, roteiristas, acabaram retomando muitos pontos do primeiro filme, e ao mesmo tempo eles meio que passaram o legado para uma nova geração, tanto de personagens quanto de espectadores.

Mas Ana, não tem nada de inovador nesse filme? É só mais do mesmo? A resposta é não. Aqui, algumas coisas que não foram explicadas no primeiro filme, como por exemplo, quais eram os objetivos da invasão alienígena, serão explicadas. Ok, não vou dizer que é um motivo super inovador e tals, mas é uma coisa que passou batida da primeira vez, e que agora eles tiveram o cuidado de se preocupar. Aqui eles também vão falar um pouco mais sobre a espécie alienígena que invade a Terra, então, é um filme que veio também para complementar o enredo criado no primeiro.

Agora vamos falar sério. O filme é ótimo. Eu sei, temos muitas críticas negativas sobre esse filme, e aliás, eu não li nenhuma antes de assistir, mas eu preciso dizer, que se você gosta de alienígenas, gostou do primeiro filme, Independence Day: O Ressurgimento cumpre o seu papel. Assim como o primeiro é um filme de boa, tranquilo, ele tem cena de tensão, mas no geral é leve. Ele conta uma história e é isso. O roteiro dele é ok, como eu já disse, não é uma história inovadora, mas é continuo. Ele tem começo, meio e fim, e não tem buracos super desconexos, uma coisa que me incomoda muito em alguns dos filmes que tem sido feitos ultimamente.

Então, se você gostou do primeiro filme, ou se você gosta de sci-fi, assista aos filmes, que você vai se divertir, vai se emocionar, vai ser bem legal! Agora me conta, você já viu os filmes? O que você achou? Se você ainda não assistiu, me recomenda um sci-fi ai! Tô sempre procurando coisa nova!


Me sigam por aí! Instagram / Twitter / Facebook / Snapchat: anaclaudiaplima / Goodreads / Skoob

You May Also Like

0 comentários